Postagens

Avante!

Imagem
Nessas andanças de rotineiras flores Meu coração vagueia sem rumo. Acompanho o destino louco de ladras cores, Que não mais espelham velhos ideais.
Então me disperso na dor de velhas trancas, De antigas lutas contra cretinas rusgas. Tão saturadas, tão absurdas. Tão velhas, tão mudas.
Nesse sufoco morno, que me cala a voz, Só vejo dentes, antigas serpentes, Num pesado refrão de insensatas mentiras. Que ferem, desaguam esse destino atroz.
Não há rotas para sair dessa triste realidade. Desse submundo louco, de pura insanidade. Mas há um canto moco, rouco, de antigo ideal. Canções que entoam letras de liberdade, E guiam nos caminhos outrora trilhados.
Avante!!